Início » DIAGNÓSTICO E GRAVIDADE DA DOENÇA

DIAGNÓSTICO E GRAVIDADE DA DOENÇA

Osinal clínico mais evidente é o de um útero aumentado que pode ser identificado no exame de toque realizado na consulta de rotina pelo ginecologista. Nos exames de imagem (ressonância magnética e ultrassonografia) identifica-se um espessamento focal ou difuso da zona juncional (ZJ).

A adenomiose pode variar desde um simples espessamento da ZJ a alterações nodulares ou difusas envolvendo toda a parede uterina. A apresentação mais comum é a adenomiose difusa, que atinge toda a espessura do miométrio por focos adenomióticos. A adenomiose focal, também denominada adenomioma, são lesões semelhantes a miomas. A parede posterior do útero é geralmente mais atingida em extensão do que as outras paredes uterinas.

A gravidade e a classificação da doença têm como base a extensão da invasão miometrial. Quanto maior a proporção do tecido comprometido, mais grave será a doença.

As classificações:

A ANATOMIA UTERINA COM ADENOMIOSE

*Desenhos originais cedidos pela Clínica Chamié Imagem da Mulher – Dra. Luciana Chamié
Valores e Dúvidas sobre os
Tratamentos
Tire suas dúvida e saibas os valores dos nossos tratamentos