COMENDO FORA DE CASA: TRABALHO, FESTAS E VIAGENS

Será perfeitamente possível manter seu processo de reeducação alimentar em situações atípicas, como jantares em família, festas de final de ano, aniversários, casamentos e etc, utilizando aquela dose extra de organização e planejamento adquirida no início do processo nessas ocasiões também.

Um dos maiores enganos cometidos por muitos de nós é deixar de fazer refeições no dia para comer tudo o que for possível nos eventos, porém para o organismo e para o processo de perda ou manutenção de peso isso é visto como algo negativo e não oferece vantagem alguma, pois o jejum prolongado manterá o indivíduo faminto e a necessidade de comer grandes quantidades será maior. Consequentemente, a ingestão calórica e de macro nutrientes (carboidratos, gorduras e proteínas) será infinitamente maior que a necessidade diária levando ao consumo superior às suas recomendações.

A seleção dos alimentos nessa fase de fome intensa também é prejudicada e a pessoa passará a comer tudo (ou quase tudo) que lhe for oferecido e ou desejado.

Para prevenir esses pequenos enganos, serão abordadas dicas de comportamentais para prevenir os excessos e os enganos em situações como essas e como não colocar todo o esforço de uma ou mais semanas em risco.

Trabalho

É importante estar atento (a) ao número ideal de refeições no dia e procurar seguir o planejamento alimentar do dia realizado por você, sempre lembrando de cumprir a regra de comer a cada 3 horas e respeitando os grupos alimentares definidos no planejamento. Com essas recomendações em mente, o seguimento do cardápio dentro e fora de casa torna-se mais fácil e seguro.

Antes de sair de casa ou, de preferência, no dia anterior , separe os lanches do dia seguinte, deixando porcionadas (cortadas e armazenadas em pequenas porções) as COMENDO FORA DE CASA: TRABALHO, FESTAS E VIAGENS frutas, embalando as oleaginosas ou deixando a frente da geladeira o seu iogurte do dia seguinte.

Caso isso não seja possível, busque locais próximos ao trabalho que ofereçam essas opções para compra. Vale padaria, lanchonete, supermercados e hortifrútis. A situação que deve ser fortemente evitada é pular refeições ou permanecer grandes intervalos sem se alimentar.

Na hora do almoço ou em jantares de reunião, é possível escolher locais que contenham buffet self service ou à la carte e manter a mesma programação alimentar sugerida no tópico anterior “Padrão alimentar ideal” inserindo ou escolhendo pratos que contanham 1 alimento de cada grupo. Quando o prato ou o local não apresentar todos os alimentos sugeridos no padrão ideal, não deixe de inseri-los na refeição seguinte, porém evite “completar ” o prato com as preparações menos indicadas nesse livro, como frituras, embutidos e preparações mega elaboradas, por exemplo.

Se necessário for, aumente a porção de vegetais no prato e antecipe a refeição seguinte.

Na hora das sobremesas fique com as frutas, preferencialmente, as cítricas por possuírem alto teor de vitamina C e contribuírem com a absorção de nutrientes importantes nessas refeições.

Se o local não oferecer frutas como sobremesa, prefira um suco também de frutas cítricas ou aproveite para exercitar sua força de vontade e recusar os doces. Lembre-se que sobremesas geralmente são a base de leite, ovos, manteiga, farinha e açúcar branca e só contribuirão com o aumento da taxa de glicose da refeição e, consequentemente, com o aumento do valor calórico total da refeição.

Após lembrar de todo esforço empregado na busca por um padrão alimentar novo e mais saudável, você se sentirá vitorioso (a) por resistir ao docinho, aparentemente inofensivo.

Festas

Evite o jejum habitual pré festa. Faça um pequeno lanche antes de sair de casa, aquele planejado em seu cardápio habitual. Inclua nele alimentos integrais, frutas e ou derivados de leite por possuírem maior tempo de digestão. Dessa forma, você evita chegar faminto ao local do evento e estará mais preocupado em reencontrar amigos, divertir-se e bater papo desviando a atenção das entradas, pelo menos.

Os alimentos servidos em festas geralmente são preparados com carboidratos simples, ou seja, com farinha de trigo refinada, não conferindo saciedade alguma enquanto comemos. Essa saciedade possivelmente ocorrerá após a ingestão de inúmeras porções. Lembre-se que após as entradas, ainda virão os pratos principais do almoço ou do jantar e as sobremesas.

Muitas preparações oferecidas nesses eventos são fritas ou a base de massas folhadas, o que torna a preparação extremamente gordurosa e calórica, independente do recheio. Ademais, ao avaliar o recheio, algumas entradas deveriam ser evitadas. Recheios a base de frios ou embutidos devem ser consumidos com moderação ou até recusadas.

Ao servir-se no buffet ou escolher o prato disponível, verifique a semelhança com seu planejamento e opte por pratos com o menor número de ingredientes possível ou com a menor concentração de molhos gordurosos e queijos.

A grande maioria dos eventos tem como padrão a oferta de entradas, saladas, pratos frios, quentes e sobremesas, portanto, nada de arrumar desculpa e se permitir “só hoje”. Um processo só pode ser considerado contínuo e satisfatório com o mínimo de “escapadas” possível e, nesses casos, o seguimento do plano alimentar é perfeitamente possível não havendo a necessidade de se permitir durante todo o evento. Deixe para se permitir, por exemplo, no momento da sobremesa, quando possivelmente você já estará mais que saciado (a).

Na hora dos doces, estando ou não satisfeito satisfeito (a), selecione 2 ou 3 doces e mantenha procure seguir a 18a . e última regra:

“Um, às vezes, é pouco, dois são bons e 3 são demais!“

Viagens

Quando viajamos para dentro ou fora do nosso país, falar em manter o seguimento da dieta pode ser ainda mais difícil, dessa forma, torna-se cada vez mais importante planejar com antecedência algumas refeições da viagem.

Descobrir as frutas regionais dos locais é uma ótima forma de conhecer melhor a cidade de destino. Supermercados, lanchonetes e cafeterias locais possuem inúmeras opções regionais. Basta adquirir interesse por esse assunto e você descobrirá um mundo novo de cores e sabores provenientes das frutas de diversos locais do mundo.

Evite locais turísticos. Eles, geralmente, oferecem opções facilmente aceita pelos turistas e basicamente com as mesmas características do padrão acidental.

Durante os voos, passeios longos de carro ou trem, é imprescindível levar consigo água, biscoitos integrais – doces ou salgados-, barras de cereais, sucos, de preferencia sem adição de açúcar, frutas frescas ou secas e sementes de oleaginosas. Dessa forma, você prevenirá o indesejável jejum prolongado (superior a 6 horas) e os episódios de fome intensa que só prejudicarão a sua próxima refeição.

Na hora de fazer seu café da manhã, almoço ou jantar vale a mesma regra de lembrar quais alimentos pertencem a cada refeição. Verifique as opções disponíveis nos locais selecionados e, sempre que possível, avalie o cardápio antes de definir o local para aproximar suas escolhas ao máximo do seu planejamento. Hoje em dia, podemos fazer essas consultas rapidamente até do próprio celular.

Valores e Dúvidas sobre os
Tratamentos
Tire suas dúvida e saibas os valores dos nossos tratamentos