Navegue pelo conteúdo do Post

Tratamentos melhoram a fertilidade da mulher

IPGO apresenta trabalho na Espanha – Valencia

April 7-9 / 2011
The 4th International IVI Congress 2011
Reproductive Medicine and Beyond
Valencia, Spain

O IPGO sob a orientação e coordenação do Dr. Arnaldo S. Cambiaghi, apresentou no mês de abril em Valencia, na Espanha, trabalho científico demonstrando as vantagens do uso da Coenzima Q10 no tratamento de infertilidade em mulheres mais velhas. Neste estudo foram comparados dois grupos de mulheres, um grupo usando a Coenzima Q10 e outro sem o uso desta. Concluiu-se que o uso da Coenzima Q10 traz benefícios positivos aos óvulos e à qualidade dos embriões aumentando a chance de gravidez nos tratamentos de fertilização. Conheça o resumo deste estudo em português com a respectiva tradução na versão original da apresentação em inglês.

Trabalho desenvolvido pelo corpo clínico:

  • Dr. Arnaldo Schizzi Cambiaghi
  • Dr. Rogério Leão
  • Dra. Daniella S. Castelotti
  • Embr. Patrícia Figueiredo do Nascimento

Coenzima Q10 contribui no resultado da FIV em pacientes mais velhas

Cambiaghi A., Leão R., Castellotti D., Nascimento P
IPGO – São Paulo, Brazil

Introdução: O envelhecimento é freqüentemente associado à perda da função mitocondrial. Coenzima Q10 (CoQ10), um componente solúvel em lipídios de todas as membranas celulares, é o principal antioxidante e é essencial para a função mitocondrial. Seu nível no tecido diminui com a idade. Um estudo constatou uma melhoria da qualidade de embriões de bovinos tratados in vitro com CoQ10. O objetivo deste estudo foi avaliar a contribuição da CoQ10 para melhorar o resultado da fertilização in vitro (FIV).

Material e métodos: Foi realizado um estudo randomizado prospectivo, no IPGO (São Paulo, Brasil). Entre janeiro e dezembro de 2010, foram selecionadas 44 mulheres com mais de 37 anos e com uma falha anterior de FIV. No grupo I, as pacientes receberam CoQ10 150 mg /d pelo menos 30 dias antes do ciclo de fertilização in vitro, sem interromper o uso da medicação até o dia da punção dos ovócitos. No grupo II, as pacientes foram submetidas diretamente ao ciclo de fertilização. Todas receberam o mesmo protocolo de estimulação ovariana.

Resultados: Não houve diferença entre os dois grupos em termos de idade das pacientes (40). Observamos um aumento de ovócitos e ovócitos maduros em grupo sem CoQ10. Entretanto, no grupo CoQ10 encontrou-se um aumento da taxa de fertilização, número de embriões, a qualidade do embrião, gravidez e taxa de gravidez clínica. Todos os resultados não tiveram significância estatística, provavelmente devido a um pequeno número de casos.

Conclusão: O uso de CoQ10 pode beneficiar o ovócito e qualidade embrionária. No entanto, estudos mais amplos são necessários para confirmar a eficácia deste suplemento.

Coenzyme Q10 contribution in IVF outcome of older patients

Cambiaghi A, Leao R, Castellotti D, Nascimento P

IPGO- Instituto Paulista de Ginecologia, Obstetricia e Reproducao Humana – São Paulo, Brazil

Introduction: Aging is frequent associated with loss of mitochondrial function. Coenzyme Q10 (CoQ10), a lipid-soluble component of all cell membranes, is the major antioxidant and essential to mitochondrial function. Its tissue level decreases with age. One study has found an improvement of the quality of bovine embryos treated in vitro with CoQ10. The aim of this study was to assess the contribution of CoQ10 to improve in vitro fertilization (IVF) outcome.

Material and methods: It was a prospective randomized study accomplished in Instituto Paulista de Ginecologia e Obstetrícia (São Paulo, Brazil). Between January and December 2010 we selected 44 women older than 37 years, with a previous IVF failure. In group I, the patients received CoQ10 150 mg/d for at least 30 days before the IVF cycle, taking the medication until the oocyte retrieval. In group II, they were submitted straight to next cycle. All of them received the same protocol for ovarian stimulation.

Results: No difference was found between the two groups in terms of patient’s age (40). We observed a slightly higher number of oocytes and mature oocytes in group without CoQ10. However, in CoQ10 group were found an increasing of fertilization rate, number of embryos, embryo quality, pregnancy and clinical pregnancy rate. All the results have had no statistical significance, probably due to a small number of cases.

Conclusion: The use of CoQ10 may benefit the oocyte and embryo quality. Nevertheless, larger studies are needed to confirm the effectiveness of this supplement

Compartilhe:
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on linkedin
Inscreva-se na nossa newsletter e fique por dentro de tudo!
Posts Recentes:

Histórico J.

Dr. Arnaldo e Equipe Vocês são seres iluminados, que recebem de Deus uma missão:Entender o que há de errado, no

Leia mais »
Para mais informações entre em contato com o IPGO

Fale conosco por WhatsApp, e-mail ou telefone