Navegue pelo conteúdo do Post

Fertilização in vitro para mulheres mais velhas (maduras)

Não é novidade que mulheres acima dos 40 anos têm uma redução do potencial da fertilidade quando comparada com mulheres mais jovens e consequentemente tem também uma chance menor de sucesso nos tratamentos de fertilização. Mas, o ponto obscuro é qual é o limite de idade da mulher para o tratamento de FIV com os próprios óvulos? A partir de que idade é recomendável utilizar óvulos de doadoras?
A grande maioria dos insucessos nos tratamentos em mulheres acima desta idade é a qualidade dos óvulos que elas produzem, por formarem embriões de má qualidade que podem ser chamados de embriões incompetentes. Em outras palavras e com mais objetividade: os óvulos destas mulheres tendem a formar embriões com alterações cromossômicas (Saiba mais : www.ipgo.com.br/nova-tecnica-de-pgd-cgh/) inadequados para a implantação. Ou, se isso acontecer, a paciente poderá ter abortos ou, em alguns casos, se a gestação se desenvolver, os bebês poderão ter alterações, como por exemplo, a Síndrome de Down. Entretanto, se conseguirmos um número maior de óvulos, poderemos ter uma chance maior de ter embriões de ótima qualidade (embriões competentes) e, consequentemente, um tratamento bem sucedido e filhos saudáveis. Mas muitos casos de baixa reserva ovariana (saiba mais aqui), a paciente produz poucos óvulos e na maioria das vezes, precisamos de um maior numero de estimulações – de 2 a 3.

Compartilhe:
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on linkedin

Tem alguma dúvida sobre esse assunto?

Envie a sua pergunta sobre assunto que eu responderei o mais breve possível!

Tem alguma dúvida sobre esse assunto?

Envie a sua pergunta sobre assunto que eu responderei o mais breve possível!

Posts Recentes:

Cuidados com as mamas

“Amamentar, é uma ciência, uma arte, um ato de amor” Queremos aproveitar esse capítulo para refletir sobre a importância de

Leia mais »
Newsletter
Para mais informações entre em contato com o IPGO

Fale conosco por WhatsApp, e-mail ou telefone

Inscreva-se na nossa newsletter e fique por dentro de tudo!