• Agendamento de Consulta
  • Financeiro e Detalhes de Tratamento
Início » Novidades da saúde da mulher – Lyon – França 2007

Novidades da saúde da mulher – Lyon – França 2007

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

23º Congresso Europeu de Reprodução Humana (ESHRE)
Julho – 2007 – The European Society of Human Reproduction and Embriology
Lyon – França

Dr. Arnaldo Schizzi Cambiaghi

Assuntos importantes

ABCDEF
Fertilização in vitro1. Consort2. Org 362863. SopPreservação da fertilidadeEstatísticasEndometrioseContracepçãoMenopausa

No mês de julho, participei do 23º Congresso Europeu de Reprodução Humana, em Lyon na França, e foram destacadas poucas novidades. Pela minha avaliação concluí, mais uma vez, que aqui no Brasil, estamos não só em sintonia, e harmonia quando comparamos o nosso desenvolvimento científico mas muitas vezes na frente. Na verdade, em muitos aspectos estamos a cada dia melhor. Pelo menos nisto! Isto é muito bom! No momento estão muito escassos os avanços, o que, como já comentei anteriormente, é comum em certos períodos da evolução científica.

Os Congressos Europeus costumam ser menos movimentado que os americanos e, o conteúdo científico estava razoável quando comparado ao dos anos anteriores. Embora este congresso seja sobre infertilidade, contracepção e menopausa, o assunto infertilidade engloba 90% de todas as discussões. Mesmo porque, tanto a contracepção como a menopausa continuam não apresentando nenhum avanço científico nos últimos anos. Os temas mais debatidos foram: novas estratégias para melhores resultados em Fertilização in Vitro, Endometriose, a Preservação da fertilidade e a Síndrome dos Ovários Policísticos.

A viagem foi boa apesar das cinco horas dentro do avião parado no aeroporto antes da decolagem, pelos conhecidos problemas dos aeroportos. Senti como estivesse dentro de uma “Ressonância Magnética Comunitária”. Espremido dentro de um túnel de lata, encolhido no banco de classe econômica sem quase poder mexer, mas cheguei lá, voltei e esqueci estes detalhes desagradáveis. Talvez por influência dos ares da França ou pelo vinho, ou porque tenho esta tendência de esquecer “sofrimentos” que incomodaram mas não levaram repercussões piores.

Voltei , estou aqui saudável e trabalhando.

Sobre Lyon

Lyon (cujo nome traduzido para o português é Leão), foi fundada às margens dos rios Honê e Saône. Cercada de duas montanhas (Fourvière e Croix-Rousse), foi originalmente um lugar de refúgio para os Celtas e conhecida como um condado.

Vieux-Lyon, a parte antiga da cidade (declarada patrimônio histórico pela UNESCO) foi erguida sobre o povoado romano de Lugdunum, capital comercial e militar da Gália, fundada por Júlio César em 44 A.C. Das montanhas Fourvière a cidade romana se expandiu até a Crox Rousse montanha. Esta expansão pode ser vista nas construções do teatro Fourvière, o Odeon, as termas, o fórum, anfiteatro e nas inúmeras mansões renascentistas aonde vieram banqueiros e mercadores de seda.
Destacam-se também a Basílica de Notre Dame de Fourvière e a catedral de S. Jean (século XII).
A construção de Lyon está intimamente ligada à história cristã. Os inúmeros edifícios religiosos são testemunho do poder da cidade ao longo dos séculos.

Lyon se converteu na capital da seda quando Francisco I outorgou a cidade à exclusividade da fabricação dos tecidos em ouro, prata, seda. Desde então a destreza dos trabalhadores lioneses ficou conhecida no mundo inteiro.

Ao cair da noite na cidade muda de rosto e se ilumina para dar lugar a uma mágica vida noturna. Mais de 200 lugares histéricos, monumentos e pontes se iluminam para serem admirados.
Lyon cativa e entusiasma seus visitantes. Íntima e reveladora, misteriosa e radiante, impetuosa e calma, a cidade revela sua alma e seu tesouro a cada esquina, nos seus labirintos e nas margens dos seus rios.

Agora, vamos ao que realmente interessa: A saúde.

Fertilização in Vitro

1.Consort – otimizando a estimulação
ovariana nos tratamentos de fertilização.

Consort significa: (Consistency in FSH Starting doses for individualised treatment), que traduzido para o português significa: dose ideal inicial Individualizada para tratamentos de Fertilização In Vitro.

Este programa oferecido pelo laboratório Serono, através de um estudo realizado por profissionais de 6 países da Europa e América tem objetivo de determinar através de um programa de computador a dose de medicamento ideal com objetivo de alcançar o melhor resultado para o tratamento.

Através da idade da mulher, a dosagem do hormônio FSH no 3º dia do ciclo, Índice de Massa Corpórea e número de folículos primordiais no ovário, o programa determina a dose ideal diária de medicamento. Este assunto tenha sido apresentado ao publico presente varias vezes, acredito, na minha opinião que esta estratégia poderá representar grandes benefícios. Vamos aguardar.

2. ORG 36286 (CORIOFOLITROPIN – ALFA)

ORG 36286 (CORIOFOLITROPIN – ALFA), cada vez mais perto do seu lançamento este medicamento substituirá o Puregon tradicional, para uma dose a cada 5 a 7 dias. A dose proporcional já está estabelecida é a seguinte: 150 UI Puregon tradicional corresponderá a 100 mg de ORG 36286 e 200 UI de Puregon Tradicional será 150 mg da nova dose.

3. Síndrome dos Ovários Policísticos

É um assunto sempre atual e sempre interessa aos médicos e pacientes por acometer até 30% do sexo feminino na idade fértil. Novas alternativas de tratamentos (veja estudo apresentado pelo IPGO – Link), além da descoberta que o medicamento Metformin utilizado há alguns anos neste tipo de tratamento, não tem os efeitos tão benéficos como até hoje era suposto.
Por ser uma mudança radical, é bom que haja ainda um maior tempo de observação antes que as condutas sejam modificadas.

O importante é o diagnóstico precoce para que se evite a síndrome metabólica.

Preservação da Fertilidade

É um assunto muito atual e tem despertado o interesse em vários setores da saúde. Com o aumento da longevidade, da cura de doenças outrora incuráveis e dos tratamentos bem sucedidos para o câncer, cada vez mais tem se procurado prorrogar e proteger a fertilidade das pessoas. Foram expostos neste congresso vários trabalhos científicos demonstrando que os tratamentos para preservar a fertilidade da mulher estão cada vez mais eficazes.

Se antigamente muitas mulheres jovens perdiam a fertilidade após os tratamentos com quimioterapia e radioterapia, hoje em dia as técnicas de congelamento de óvulos e ovário tem dado uma esperança maior de retornar a fertilidade após a cura. As taxas de gravidez após congelamento de óvulos chegam até a 35%. Mulheres com histórico familiar de menopausa precoce ou que temem pela perda da Fertilidade com o passar dos anos e não tem ainda um parceiro para ser pai de seus filhos, poderão ser beneficiados por esta técnica.

Estatísticas

A taxa de sucesso nos tratamentos de infertilidade (Fertilização in vitro) é maior na América (isto inclui o Brasil) do que na Europa esta afirmação feita pelo Dr. B. Fauser (Holand).

Outros dados importantes em Fertilização in vitro: de todos os casos de fertilização realizados do mundo a Europa executa 54% e a América Latina 2,9%. O Brasil realiza 54 casos por milhão, Argentina 122 casos por milhão, Portugal 32 casos por milhão, USA 465 por milhão, Japão 1125 casos por milhão. O número de mulheres com mais de 40 anos que procuram este tratamento subiu mais de 50% nos últimos anos.

O tratamento por ICSI gera mais mulheres que homens. Já existem no momento mais de 3,3 milhões de bebes nascidos por Fertilização in vitro.

Endometriose

Cada vez mais aumenta a preocupação com o diagnóstico precoce desta doença nas adolescentes. A precocidade do diagnóstico poderá impedir complicações futuras além de evitar uma qualidade de vida precária das jovens adolescentes e das jovens adultas.

Os profissionais ginecologistas devem estar atentos a cólicas menstruais rebeldes a tratamentos com anticoncepcionais e na eventual herança familiar.

Contracepção

Nenhuma novidade diferente daquelas conhecidas no Brasil. Os mais novos métodos utilizados na Europa são os mesmos recomendados aqui – Mirena, Nuvaring, Evra e Implanon. Tudo velho. O MIRENA é o que merece maior destaque pela sua eficácia, praticidade e ajuda nos tratamentos de endometriose, adenomiose e dor pélvica.

Menopausa

Chama atenção o fato que após o anúncio mundial, há alguns anos que a reposição hormonal aumentava a possibilidade de câncer, não houve até hoje, diminuição da incidência deste mal. Não se sabe que as persistências das mesmas estatísticas após a grande maioria dos médicos terem parado de receitar hormônios, é porque ainda não houve tempo para esta diminuição ou porque os hormônios na verdade não fazem mal. Vamos aguardar novas avaliações.

A menopausa merece sempre atenção e a Reposição Hormonal é sempre debatidos, seus prós e contras. Foram revisados os tipos de tratamentos naturais como FITOHORMONIOS (derivados de soja) foram considerados para combater os sintomas, mais ainda podem ser uma opção. A reposição hormonal ainda é possível mas deve ser feita com muito critério.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agende

Ligue

Mensagem

WhatsAPP
Valores e Dúvidas sobre os Tratamentos no IPGO?
Tire suas dúvida e saibas os valores dos nossos tratamentos
Exame aumenta as chances de sucesso nos tratamentos de FIV
Exame oferece novas perspectivas para mulheres que tiveram falhas repetidas nos tratamentos de fertilização in vitro
11 motivos para a paciente procurar o IPGO

Por que os pacientes com problemas para engravidar e precisam de ajuda de um especialista devem escolher o IPGO?

Livros e DVDs publicados pelo IPGO

Leve para sua casa a maior coleção de e-books sobre fertilização, é fácil, rápido e de graça
Valores e Dúvidas sobre os
Tratamentos
Tire suas dúvida e saibas os valores dos nossos tratamentos